Blogs

Seguimos nossas próprias práticas para nos comunicarmos por este canal. Confira abaixo algumas dessas dicas.


Textos para os blogs da Conta Azul podem ser escritos por qualquer um de nós, Azuis, desde que sejamos das áreas responsáveis por esses canais ou convidados por elas. Não há um redator oficial. Em cada time, a pessoa mais familiarizada com determinado assunto é sempre a mais indicada para escrever sobre ele. 

Nesse contexto, o líder pode auxiliar os demais colaboradores a identificarem seus potenciais e incentivá-los a produzirem conteúdos consistentes e de qualidade. 

Somos informais, mas sem excessos

Falar a mesma língua dos leitores ajuda a causar identificação e faz com que eles se sintam compreendidos em suas demandas. 

Essa prática tem o potencial de fazer com que nos tornemos, em médio prazo, referência em termos de produção de conteúdo para quem nos acompanha.  

Vamos direto ao ponto

Dividimos o texto em parágrafos curtos, de três a seis linhas no máximo, e usamos intratítulos (títulos internos) para separar partes do texto em blocos de conteúdos afins. Isso facilita a leitura e a compreensão. 

Falamos sobre projetos já concluídos ou em estágio avançado dos quais participamos, sobre nossas rotinas de trabalho e de equipe, ou sobre quaisquer outros assuntos que tenham consonância com a nossa especialidade ou área de atuação na Conta Azul. 

Evitamos utilizar nos textos, no entanto, informações de cunho sigiloso, ou indicadores e métricas ainda não publicados relativos ao nosso negócio. Se estivermos em dúvida sobre mencionar ou não determinadas informações, consultamos nossos líderes. 

Embasamos nossos textos

Explicamos processos e dizemos sempre os motivos que nos levaram a tomar determinadas decisões. Também trazemos dados e referências para os leitores. Sem isso, os nossos textos não passam de opiniões pessoais. 

Creditamos informações

Sempre que fazemos citações totais ou parciais de falas e de trabalhos de outras pessoas, sejam elas colaboradores ou não da Conta Azul, nominamos as fontes, ou seja, creditamos as informações aos seus autores. Seja a citação direta (entre aspas) ou indireta. 

Tomamos cuidado apenas com a qualidade e com a credibilidade das fontes que aproveitamos. Damos preferência para portais e para pessoas reconhecidas por suas contribuições técnicas e acadêmicas, e para materiais públicos. 

Usamos tags e palavras-chave

Escolhemos ao menos cinco tags - normalmente selecionáveis nos blogs - e palavras-chave que representem o nosso texto. Priorizamos usar essas palavras no infinitivo, especialmente nos títulos e nos subtítulos dos textos.

Essa prática ajuda a aumentar a audiência dos nossos canais, pois ajuda a melhorar os resultados de buscas orgânicas, Search Engine Optimization (SEO), relacionadas à Conta Azul nos sites de pesquisa. 

Ligamos conteúdos similares

Antes de escrevermos sobre determinado assunto, pesquisamos brevemente materiais já publicados sobre o mesmo tema nos blogs da Conta Azul.

Se eles tiverem afinidade com o que iremos escrever, priorizamos citar esses textos e, se possível, inserir links direto para eles no novo texto. 

Tentamos manter linearidade com esse material anterior, afinal, somos um time e falamos a mesma língua. Também podemos fazer links com conteúdos externos ao blog. 

Usamos imagens com legendas

Incluímos imagens nas nossas publicações, sempre acompanhadas de legendas, preferencialmente descritivas. 

Priorizamos legendas que trazem informações adicionais, reforços de passagens importantes do texto, ou até curiosidades a respeito do que se vê nas imagens. 

  • “Designers do chapter de Design participam de reunião”;
  • "Foto da guilda".

Se optarmos por descrevermos em uma legenda características de pessoas ou de objetos da imagem, dispostos em linha horizontal, começamos da esquerda para a direita, separando as informações com vírgulas (para separar palavras) e com pontos e vírgulas (para separar trechos). 

Utilizamos as palavras “esquerda” e “direita” para ressaltarmos a ordem de leitura.

  • “A partir da esquerda: Valdemar, CEO da Webweb; Juliana, analista da Webweb e Jaqueline, trainee da Conta Azul”;
  • "Da esquerda para a direita. Valdemar, CEO da Webweb; Jaqueline, trainee da Conta Azul".

Se as pessoas ou itens estiverem dispostos em círculo, usamos o recurso da orientação por sentido horário, com um ponto de referência para o início da observação. 

  • “Na foto, em sentido horário, a partir da pasta amarela: camisa, caneca e caneta da Conta Azul”;
  • "1º à direita José Carlos, CEO da Webweb. 2º à direita Jaqueline, treinee da Conta Azul".

Já pessoas cegas ou com baixa visão, que se valem de leitores de tela para acessarem os nossos conteúdos, precisam de textos alternativos ou #ParaTodosVerem.

Os textos alternativos ou alt texts são espécies de legendas descritivas, o mais literais possível sobre o que está numa imagem. Eles permitem que pessoas cegas ou com baixa visão compreendam o contexto (ligação entre imagem e texto) de um conteúdo publicado. Leia mais sobre assunto na seção Acessibilidade 

  • “Na foto, em sentido horário, a partir da pasta amarela: camisa, caneca e caneta da Conta Azul”;
  • "1º à direita José Carlos, CEO da Webweb. 2º à direita Jaqueline, treinee da Conta Azul".

Publicamos com periodicidade

Antes de escrevermos sobre determinado assunto, pesquisamos brevemente materiais já publicados sobre o mesmo tema nos blogs da Conta Azul.

Priorizamos fazer as postagens sempre no mesmo dia da semana. Reforçando o hábito dos leitores de acompanharem a atualização dos nossos conteúdos.  

Essa constância também é necessária para manter a audiência dos nossos blogs, melhorar as buscas orgânicas, e para reforçar os conteúdos produzidos por nós como referências no mercado. 

Como vincular um texto ao blog da Conta Azul

  • Você publica o texto como rascunho no seu perfil do Medium;
  • Após publicar, você entra no texto, clica em "..." (canto superior direito) e em "Add to publication";
  • Neste momento, aparecerá a opção de vincular o seu texto ao blog da Conta Azul Design, porque você já foi adicionado como escritor lá;
  • Clique na logo do blog da Conta Azul Design;
  • Acrescente de 3 a 5 palavras-chave que tenham a ver com o seu texto;
  • Clique em "Send to a draft";
  • Clique em "Ready to submit";
  • Pronto! O texto deve aparecer para os editores do blog, para aprovação. Se der tudo certo, receberemos um e-mail.

Após submeter o texto, avise ao time responsável pelo blog para o qual você está escrevendo. Isso é necessário para que os editores possam verificar se o e-mail avisando sobre a submissão do seu texto chegou. E para que possam iniciar as revisões e edições necessárias na sequência.